Você está em: Serviços e Soluções  -> Soluções com Virtualizações

Virtualização e Consolidação de Servidores

A Specialist vem trabalhando desde o final do primeiro semestre de 2012, em ambientes corporativos com virtualização, através do VMware ESXi juntamente com o gerenciador vCenter.

Nossos servidores atualmente, em sua maioria, estão todos em máquinas virtuais. Conseguimos com isso uma economia de espaço físico, energia elétrica e melhor aproveitamento do hardware, baixando nossos custos drasticamente.

Já pensou em fazer o mesmo para vossa empresa?

O que é virtualização?

A virtualização consiste em utilizar um servidor para emular tanto o hardware como o ambiente de software de uma ou mais servidores virtuais. Com isso, aproveita-se melhor o tempo ocioso da máquina ao mesmo tempo que ganha-se flexibilidade e diminuição de uso de recursos que são compartilhados pelas máquinas virtuais. A consolidação faz uso da virtualização para reunir e ao mesmo tempo, compartilhar vários recursos de computação como servidores, sistemas de armazenamento e redes, melhorando a qualidade dos serviços de TI através de um melhor controle do gerenciamento de recursos e permitindo continuidade e disponibilidade operacional.

Os hardwares x86 atuais foram feitos para executar apenas um sistema operacional, impede a utilização destes com sistema de virtualização.

A virtualização surgiu para corrigir esse problema constantemente enfrentado pelos departamento de TI das empresas.

A virtualização permite executar várias Máquinas Virtuais em um único servidor físico, onde cada Máquina Virtual compartilha os recursos desse servidor físico entre vários ambientes. Máquinas Virtuais diferentes conseguem executar sistemas operacionais diferentes e vários aplicativos no mesmo servidor físico de forma isolada.

Por que virtualizar?

Analistas do setor, como a Gartner e a IDC, já previam que a virtualização se tornaria a tecnologia mais importante na infraestrutura de TI e suas operações.

Com a virtualização pode-se ter a alta disponibilidade das aplicações do ambiente de TI em casos de falha, garantindo a continuidade dos negócios da Empresa.

A virtualização soluciona um problema fundamental da arquitetura x86 atual: oferece a possibilidade de diferentes aplicações e sistemas operacionais funcionarem de maneira independente, sem necessidade de servidor físico para cada máquina virtual.

A centralização de aplicações em ambientes virtualizados torna o gerenciamento mais fácil além de apresentar maior segurança e promover um aumento na agilidade da infraestrutura de TI.

Paralelamente, a virtualização permite que administradores de TI obtenham economia de uma magnitude sem precedentes através da redução do uso de cabos, economia de energia, redução de requisitos de refrigeração, menor ocupação de espaço e, consequentemente, menor custo total imediato.

O provisionamento de um servidor para um novo projeto é feito em minutos.

O que é uma Máquina Virtual

Uma máquina virtual é um software isolado capaz de executar sistemas operacionais e aplicativos como se fosse um computador físico. A máquina virtual se comporta exatamente como um computador físico e contém sua própria CPU (baseada em software), RAM, disco rígido e NIC.

Benefícios das máquinas virtuais

– Compatibilidade

– Isolamento

– Encapsulamento

– Independência de hardware

História da virtualização

A ideia surgiu na metade dos anos 1960, quando os computadores se mostravam ineficientes em aproveitar seu tempo de cálculo, devido ao gerenciamento de processos feito manualmente pelo operador. Viu-se então que para melhor proveito do caríssimo processamento computacional era necessário executar vários processos paralelamente. Assim surgiu o conceito de tempo compartilhado (time sharing), que culminou com a idéia de virtualização.

Com o passar dos anos a virtualização começou a cair no esquecimento, e devido ao alto custo de um mainframe, empresas  passaram a adquirir servidores x86.

O surgimento do conceito de virtualização na plataforma x86, em 1999, apresentou uma maneira mais eficiente para utilizar o equipamento, aproveitando servidores x86 para fornecer uma estrutura computacional que possibilitasse o total aproveitamento dos recursos computacionais.

Não encontrou o que procura? Entre em contato conosco!